Imagem capa - Como deve ser a comemoração do casamento civil? por João Ferreira

Como deve ser a comemoração do casamento civil?

"Decidiram casar pelo civil e  não sabem se faz sentido organizar uma grande festa? Neste artigo vamos  dar-vos algumas opções para celebrar a vossa união."

Ah, a felicidade de receber um anel de noivado!  Se decidiram dar este importante passo na vossa relação, agora têm  muitas decisões a tomar: que tipo de cerimónia querem realizar? Onde?  Quando? Na presença de quem? Muito antes de começarem a idealizar convites de casamento personalizados ou vestidos de noiva,  é muito importante que ponderem, com calma e critério, cada uma destas  questões. Se vocês já decidiram que a vossa união será celebrada no  civil, é bastante provável que se estejam a debater com o tema da  festa... Neste artigo vamos dar-vos algumas ideias, fiquem atentos! 

Antes de tudo...

Ok, decidiram trocar as vossas alianças de casamento numa cerimónia civil. Já sabem quais são os documentos necessários e qual é o regime de bens que melhor se adapta à vossa situação. Então agora só vos resta tomar  uma decisão: querem celebrar a vossa união com uma festa organizada, ou  preferem fazê-lo na intimidade, apenas com os vossos pais e testemunhas?  Não se sintam pressionados a nada; cabe-vos a vocês - e a vocês apenas!  - decidir que tipo de comemoração mais vos agrada.  Tanto podem organizar uma festa de arromba numa quinta, onde se tramite  também o casamento civil (já sabem que podem casar fora da  conservatória), como podem optar por um almoço tranquilo, apenas na  companhia dos que estiveram presentes no casamento.

Pormenores a considerar

  • Existem casais que optam por realizar o  casamento civil antes da cerimónia religiosa. Neste caso, se já vão  realizar uma festa de casamento, não há necessidade de se realizar uma comemoração para o casamento civil. Dadas as circunstancias, o ideal é organizar apenas um pequeno almoço com os pais e as testemunhas. 
  • Se optaram apenas pela realização do casamento civil, as hipóteses para celebrá-lo são mais que muitas! Como já referimos, tanto podem organizar a cerimónia e a festa num  local de sonho, como podem optar por uma celebração mais intima, num  restaurante ou na própria casa.
  • O nosso conselho é que não deixem esta data passar em branco, mesmo que tenham decidido não organizar uma festa oficial. Um brunch em casa dos pais, um piquenique num jardim bonito, ou um jantar no  vosso restaurante preferido... qualquer ideia é válida desde que sirva  para celebrar este importante passo!

    Em caso de comemoração...
    ... já sabem: têm de pensar em todos os detalhes, dos convites ao bolo de casamento original!  Geralmente, os casamentos civis são mais pequenos e íntimos que os  religiosos, o que vos permitirá dar asas à criatividade e mimar ainda  mais os convidados. Podem aproveitar para organizar um mini wedding num local de sonho, um destination wedding com os vossos melhores amigos, ou uma festa mais simples, na vossa própria casa. O importante é que não falte um bom menu, uma playlist divertidíssima e um bolo de casamento! 
    No que diz respeito aos vossos looks nupciais, tudo depende  do tipo de celebração que pretendam ter. Ao contrário do que muitos  pensam, os vestidos brancos e os trajes também podem ser usados nas  cerimónias civis, sempre que se adequem ao tipo de ambiente - uma quinta  ou um hotel sofisticado, por exemplo. Caso prefiram, também podem optar por uns visuais mais descontraídos - como poderia ser um vestido de noiva simples com cor ou um terno de linho. A escolha é vossa!

    Atenção aos gastos extra! 
    Embora muitos casais decidam casar na conservatória - que geralmente  conta com salas específicas para este tipo de eventos - vocês podem  sempre optar por casar num local à vossa escolha. Apenas lembrem-se que,  se for esta a vossa decisão, existem alguns gastos extra a considerar. O  processo e registo de casamento realizado fora da conservatória - ou  nesta, após o horário normal de funcionamento ou num dia em que esteja  normalmente fechada - custa 200 euros, fora as despesas de transporte do celebrante.

    Em suma, tudo depende do vosso gosto pessoal e do budget que  tenham disponível para organizar a celebração. Pensem que, por tratar-se  de uma modalidade mais descontraída e íntimo, o casamento civil  permite-vos dar asas à imaginação, tanto no que diz respeito à  organização da festa como aos próprios vestidos de cerimónia. Por isso, antes de se preocuparem com os convites de casamento ou com o catering, pensem no tipo de celebração que mais condiz convosco.

    Texto - Maria Lopes
    Fonte - Casamentos.pt